Templo De Kirtland

Em Ohio, os Mórmons estavam construindo a sua comunidade em Kirtland, uma pequena comunidade ao sul de Cleveland. Em maio de 1833, no mesmo período, os Mórmons do Missouri estavam sendo expulsos de suas casa, Joseph Smith recebeu uma revelação dando o mandamento aos Mórmons de construir a Casa do Senhor em Kirtland para ser “dedicada ao Senhor para o trabalho da presidência”. A extrema pobreza dos Mórmons, muitos dos quais havia sido expulsos de suas terras sem nenhuma compensação, fez com que essa fosse uma tarefa difícil de fazer e por um mês, nada aconteceu. No dia 1º de junho, uma outra revelação foi dada a Joseph Smith castigando a ele e aos Mórmons por não começar a construção e prometendo ajudá-los a terminá-la. Imediatamente as valas do alicerce foram cavadas com Hyrum Smith, irmão do Profeta, sendo o primeiro a cavar. Em julho a pedra angular foi colocada e a construção continuou até o começo do ano de 1836. O interessante é que em Suas revelações a Joseph Smith Ele sempre se referiu a essa construção como a Sua Casa, e não era nunca chamada de templo, exceto pelos membros posteriores da Igreja. Isso é importante, porque a Casa do Senhor de Kirtland difere dos outros templos Mórmons construídos posteriormente em desenho, propósito e uso. Entretanto, as revelações repetidamente referem-se ao terreno designado do condado de Jackson e ao Templo de Nauvoo como Casas do Senhor.

O Templo de Kirtland incluem dois salões grandes de reunião, um superior e outro inferior. O último andar do templo continha escritórios e pequenas salas de reuniões usadas pela Presidência da Igreja Mórmon e mais tarde para a Escola de Profetas o qual treinava alguns missionários Mórmons. O salão grande de reuniões era usado como capela e como sala de aula e podia ser dividido em salas menores por grandes cortinas as quais ficavam penduradas no teto. O propósito desse templo não era para ser um local para realizar ordenanças e cerimônias como os templos Mórmons atuais, mas para prover um local para a educação e edificação dos Mórmons, para testar sua fé através de sacrifício, e prover um santuário onde Jesus Cristo poderia aparecer a Seu povo.

O primeiro templo Mórmon foi construído com muita dificuldade e foi requerido um dos maiores sacrifícios da historia Mórmon. A construção foi desacelerada por perseguições e alguns membros descreveram que trabalhavam com uma ferramenta em uma mão e uma arma na outra mão para se proteger da perseguição. Os homens sacrificaram tempo para trabalhar na construção e para procurar material, enquanto as mulheres teciam as cortinas e roupas. Muitas mulheres mais tarde doaram seus objetos de cristal para serem misturados com o gesso externo para dar uma aparência mais brilhante.

O Templo de Kirtland foi dedicado no dia 27 de março de 1836. Os 1000 Mórmons reunidos, a quantidade máxima de pessoas que cabia dentro dele, cantaram hinos, ouviram aos sermões de sacrifício para a construção da Casa do Senhor e ouviram Joseph Smith ler a oração dedicatória que ele havia recebido por revelação e agora está registrada como Doutrina e Convênios 109. Eles também instituíram o grito de Hosana como uma forma de adoração ao Senhor. Muitos dos presentes declararam ter visto anjos e de ouvir um forte correr do vento e ver línguas de fogo, como no dia de Pentecostes. Essas manifestações vieram como um resultado da grande fé e sacrifício dos primeiros Mórmons. O Templo de Kirtland proveu um lugar para educação religiosa na escola dos profetas e para muitas revelações importantes. Foi no templo que a primeira revelação sobre a salvação pelos mortos, mais tarde expandida em Nauvoo, foi recebida no dia 3 de abril de 1836, o próprio Salvador Jesus Cristo apareceu no templo para Joseph Smith e Oliver Cowdery. Ele aceitou o sacrifício de seu povo e aceitou a Casa (ver Doutrina e Convênios 110:7). Então Joseph Smith e Oliver viram Moisés, Elias e Elias o profeta, cada um do qual restaurou certas chaves, ou autoridades, do Sacerdócio, sobre a coligação de Israel, o Evangelho de Abraão, e os poderes seladores do Sacerdócio (ver D&C 110). Essas chaves do Sacerdócio são necessárias para construir e dirigir os templos Mórmons e todas as suas cerimônias.

Dentro de alguns anos, os Mórmons foram forçados a abandonar Kirtland, à medida que as perseguições aumentavam e ficavam muito severas. Eles se mudaram para o Missouri em 1838 e para Nauvoo em 1839. Eles abandonaram sua bela Casa do Senhor e todo o sacrifício que havia sido requerido para conseguir as coisas para construí-la.

About Guest Author

Dê a Sua Opinião

Diga o que você esta pensando...
e se você quiser escolher uma foto para aparecer no seu comentário, crie um avatar!